Inteligência

Inteligência e Ignorância. Como separar uma da outra?

26/07/2016 Carreira, Corporativo, Cotidiano 0 comentário

Inteligência e Ignorância, o enigma da separação

Primeiro temos que definir o que inteligência e o que é Ignorância.

Inteligência: Faculdade de conhecer, compreender e aprender; capacidade de compreender e resolver novos problemas e conflitos e de adaptar-se a novas situações; Conjunto de funções mentais que facilitam o entendimento das coisas e dos fatos.

Ignorância: Qualidade ou condição de quem é ignorante; Estado daquele a quem falta conhecimento, saber ou instrução; Ausência de conhecimento em relação a um domínio específico: Confesso minha total ignorância em Matemática; Condição de quem é ingênuo ou crédulo; simplicidade, singeleza; Falta de delicadeza ou gentileza; estupidez, grosseria, incivilidade.

Ambas as definições, de acordo com o dicionário Michaelis, da língua portuguesa.


Para saber mais sobre o Que é PNL, acesse este link


O poder do contexto pode converter uma coisa em outra?

Inteligência ou Ignorância? Vamos contextualizar as coisas, pois, em raríssimas exceções, o contexto define tudo.

Frei Francisco van der Poel, ofm, ou simplesmente Frei Chico, um filósofo e teólogo conta que certa vez no exercício de seu ofício como frade franciscano, na cidade de Araçuaí – MG (minha Terra Natal) visitou um humilde lavrador.

O homem não estava em casa e a esposa apontou o caminho ao Frei que se embrenhou no mato. Não muito longe avistou o homem envolto na análise de um formigueiro. Surpreso o intelectual religioso ficou a observar aquele matuto e então chamou-lhe a atenção, indo logo a uma indagação sobre o que fazia olhando tão atentamente aquele formigueiro.

Segundo Frei Chico, nas próximas duas horas aquele homem, ignorante sobre filosofia e teologia e, claro, sobre outras coisas, deu uma aula magna sobre formigas, as diversas espécies e outros detalhes que o deixaram com uma convicção de que em termos de formigas aquele homem era PhD.

Formigueiro Corporativo, inteligência e ignorância coletivas?

Nas empresas e mesmo na vida social é muito comum pessoas de determinada área de especialidade desfazer, desmerecer ou até mesmo tachar as outras que não entendem do seu ofício, como burras, ignorantes e mesmo bestas quadradas.

Como o homem das formigas, estas pessoas podem esconder muita inteligência e o pior, em áreas nas quais você também pode ser tudo aquilo que atribui a elas.

Inteligência não é o que você sabe, mas sim o que você é capaz de fazer com o que sabe.

A fábula a seguir é um exemplo de como se faz, de forma sutil elegante, alguma coisa com a inteligência usando a ignorância dos outros.

O BOBO E A MOEDA

Conta-se que numa cidade do interior um grupo de pessoas se divertia com UM BOBO da aldeia. Um pobre coitado, de pouca inteligência, vivia de pequenos biscates e esmolas. Diariamente eles chamavam o idiota ao bar onde se reuniam e ofereciam a ele a escolha entre duas moedas: uma grande de 400 REIS e outra menor de 2.000 REIS. Ele sempre escolhia a maior e menos valiosa, o que era motivo de risos para todos.

Certo dia, um dos membros do grupo chamou-o e lhe perguntou se ainda não havia percebido que a moeda maior valia menos. Eu sei, respondeu o tolo. “Ela vale cinco vezes menos, mas no dia que eu escolher a outra, a brincadeira acaba e não vou mais ganhar minha moeda”.

Pode-se tirar várias conclusões dessa pequena narrativa.

A primeira: Quem parece idiota, nem sempre é.

A segunda: Quais eram os verdadeiros idiotas da história?

A terceira: Se você for ganancioso, acaba estragando sua fonte de renda

Mas a conclusão mais interessante é: A percepção de que podemos estar bem, mesmo quando os outros não têm uma boa opinião a nosso respeito.

Portanto, o que importa não é o que pensam de nós, mas sim, como utilizamos o nosso aprendizado para nos tornar pessoas melhores…

O maior prazer de um homem inteligente é bancar o idiota diante de um idiota que banca o inteligente.

Esta fábula O BOBO E A MOEDA tem a autoria atribuída a Arnaldo Jabor. Não chequei tal informação, mas se não for, parece que é…

Curso(s) Relacionado(s) a este tema:


Curso Sincronia PNL – Relacionamento e Comunicação com a PNL

Pós-Graduação Latu Sensu MBA em PNL Coaching, Liderança e Gestão Estratégica – EAD

Coaching com PNL e Liderança – Certificação Internacional

(Visited 14 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Desculpe, estamos trocando o antigo site por outro novinho. Precisa de Ajuda?

 

Ligue 31 3274-1700 ou envie WhatsApp para 31 99769-7577

 

Entre em Contato