Menus de configuração no Painel de Administração

IBGA - Instituto Brasileiro de Gestão Avançada

Como reduzir a procrastinação e desenvolver a persistência em seus projetos pessoais e profissionais

Quem planta vento colhe tempestade. (Anônimo)

Como Substituir a Procrastinação pela Persistência

Você é dos que empurram com a barriga da procrastinação as ações que levariam aos resultados desejados em seus projetos? Você é dos que ficam ansiosos e queimam etapas, tentando antecipar os resultados e por isso fracassa? Você tem frustrações e culpa por não conseguir mudar seu comportamento?


Conheça a única Pós-graduação em PNL, do mundo Veja agora


Qual a sua escolha, Procrastinar ou Persistir?

Se respondeu sim para mais de uma das perguntas sobre procrastinação e persistência este artigo vai ajudar você.

Persistência é uma palavra muito repetida e utilizada para orientar quem está buscando melhorias, sejam na vida pessoal ou corporativa. Por outro lado, a procrastinação é a sua pior inimiga, não no papel, mas no seu comportamento.

A questão é: como reduzir a procrastinação e desenvolver a persistência em seus projetos pessoais e profissionais?


Quais são seus projetos?

É extremamente importante saber o que se deseja alcançar. Em Programação Neurolinguística – PNL, há um procedimento denominado Boa Formulação de Objetivos (BFO) que cuida disso. Aqui vou dar a você orientações objetivas sobre como fazer isso e também como você pode utilizar a PNL para ir além dos bons resultados.


Primeiro Passo:

Para obter sucesso em qualquer empreendimento você precisa definir claramente três coisas:

1. O seu Estado Atual – EA:

Significa o levantamento sistemático de tudo que você tem, necessita e precisa para tocar o seu projeto. Envolve tudo mesmo, é uma lista do que será necessário em termos de recursos. Faça uma planilha com cinco colunas (Recursos Necessários | Tenho | Adquirir | Prazo | Controle). Recursos podem ser de natureza material e comportamental.

Por exemplo: melhorar sua capacidade de comunicação e persuasão como forma de aumentar seu desempenho em vendas. Você precisará comprar um novo terno, pois a aparência conta muito. Isso é um recurso material. Mas você precisa fazer um curso de persuasão para melhorar sua comunicação e desempenho em fechar negócios. Isso é um recurso comportamental.

2. O seu Estado Desejado – ED:

Representa o futuro. O que você será, terá e sentira ao alcançar seu objetivo? No exemplo das vendas, de quanto será o aumento? Você é um vendedor comissionado ou é o dono do negócio? Qual o propósito desse objetivo em sua vida? Qual o prazo para alcançar os objetivos?

Quais as ações (O que será feito) serão necessárias e em qual ordem elas serão realizadas (etapas do processo)? Como (Estratégia Adotada) estas ações serão efetivamente realizadas? Que métricas serão utilizadas para acompanhar e monitorar os resultados?

Faça uma planilha de controle e evolução de resultados. Sua planilha de acompanhamento dará as informações para a tomada de decisões.

Que atitudes você terá para corrigir possíveis problemas de percurso? Com quem mais você poderá contar em seu projeto?

3. Tempo de espera:

Este é o grande problema, tanto para quem procrastina, quanto para quem tem ansiedade e queima etapas. Persistência deriva-se de planejamento e paciência vem de saber o que se quer e em quanto tempo isso acontecerá.

Se você conversar com um agente do corpo de bombeiros ele jamais saberá dizer quando terá início o próximo incêndio. Não terá ideia de onde acontecerá, se acontecerá, de que proporção e risco será, não saberá das estratégias necessárias e nem quanto tempo será necessário para apagar tal incêndio. Sabe porquê? Porque ele trabalha com contingência, reagindo às circunstâncias.

Esta é a realidade do bombeiro e muita gente ansiosa faz isso com suas vidas e vive apagando incêndios!

Por outro lado, se você for conversar com um jardineiro ou com um agricultor, ele saberá exatamente o que plantará, quando o fará, como fará, de que precisará para isso e terá um prazo definido para ver as flores ou colher a safra. Sabe porquê? Porque ele trabalha com planejamento e com BFO!

Esta é a realidade comportamental do jardineiro. Ao adotar este princípio você colherá mais resultados em todas as áreas de sua vida.

Quando você está debaixo do chuveiro com misturador de água fria e quente é muito comum sustos. Você leva um jato muito gelado ou muito quente nas constas. Você abre ou fechas as torneiras. Mas o tempo de espera é maior do que sua expectativa, você faz uma nova regulagem e daí vem o desastre.

Qual é a solução? Medir o tempo entre os ajustes das torneiras a resposta da água na temperatura desejada. Para isso servem as métricas e os prazos especificados, por você, com base em evidências e não em suas expectativas ou necessidades.

O jardineiro ou o agricultor não vai ansiosamente à plantação ver se nasceram as sementes ou se as flores deram frutos antes da hora. Ele sabe que tem que esperar o prazo necessário para cada etapa.

Ele simplesmente cuida de fazer cada processo no tempo certo e sabe, inclusive, lidar com intempéries. Isso reduz a ansiedade, aumenta a persistência e cria motivação pelo resultado esperado.


Opte pelo simples, use o teste do elevador

Comece com projetos menores e mais simples. Persistência é uma conquista. Pequenas vitórias levam à disciplina necessária e oferece a consistência fundamentada em resultados.

Por exemplo: Ao invés de estabelecer metas com percentuais radicais de aumento de vendas, que tal ser mais realista? No lugar de uma estratégia mirabolante e complicada, que tal um plano simples como e de plantar um jardim na frente de sua casa?

Sua estratégia dever estar tão clara em sua mente que se você estiver com alguém no elevador para descer 10 andares terá condições de falar com esta pessoa e ela entenderá seu plano durante o trajeto. Simples assim.


Você está preparado para vencera procrastinação e ter persistência?

Não. Se estivesse não estaria aqui lendo este artigo. A única coisa para a qual todos nascemos preparados é para a morte.

Portanto, faça sua BFO e comece a agir. À medida que for tendo resultados satisfatórios, seguindo o que foi dito aqui, você ganhará confiança para prosseguir com mais experiência.
 

Como usar a PNL para eliminar a procrastinação e desenvolver a persistência?

As orientações que passei para você neste artigo vão ajudar você se seguidas com critério. Lembre-se, se você quer obter resultados diferentes tem que fazer algo diferente. Ninguém vai mudar os resultados sem mudar os comportamentos.

Procrastinação e persistência são comportamentos e não palavras. No papel essas palavras podem atrair e assustar, mas as mudanças acontecem quando você as insere em sua experiência interna e modifica seu comportamento, adquire novas capacidades e, então, percebe que os resultados aumentam satisfatoriamente.

Você pode utilizar a PNL para acelerar seus resultados pessoais e profissionais através de nossos cursos, de programas de PNLCoaching e mesmo participando da única Pós-graduação do mundo em PNL. Acesse os links abaixo e veja como é fácil participar:


Curso(s) Relacionado(s) a este tema:


Pós-Graduação Latu Sensu MBA em PNL Coaching, Liderança e Gestão Estratégica – EAD e Semipresencial

MiniCurso de PNL Grátis – PNL Express Online

Conexão – Aprimoramento Pessoal e Profissional – Básico de PNL